maio 22, 2024

Devo Ficar de Cama se Tiver Dor Lombar?

Devo Ficar de Cama se Tiver Dor Lombar? 1

Dor lombar ou dor ciática?
O que fazer? Ir para academia, fazer ginástica
ou ficar em casa na cama? Meu nome é Marcelo Amato, eu sou neurocirurgião aqui do Instituto
Amato e se você está gostando dos nossos vídeos não se esqueça de dar um like,
de se inscrever no nosso canal. Uma dúvida muito frequente que as pessoas
têm quando está com uma dor lombar forte ou uma lombociatalgia, né? Aquela dor que irradia e pela perna. O que fazer nessa situação? Eu vejo
situações muito extremas no consultório, pessoas que realmente ficam acamadas por
dias, semanas, meses até! E outras pessoas que se inscrevem na academia, no pilates, e tentam
fazer alguma atividade para melhorar de forma mais rápida e voltar rápido
as suas atividades. O que está certo, né? O que a gente deve fazer? Existe uma série de estudos que mostra que
ficar acamado não melhora nem a intensidade nem a duração da dor lombar. E um estudo holandês estendeu essas
afirmações para quem tem ciatalgia. Que… Bom, primeiro vamos definir melhor
o que é ciatalgia, o que é dor ciática a dor ciática é aquela dor que irradia para
a parte posterior da coxa ou da perna. Uma dor que piora quando a pessoa
espirra, tosse ou então estira a coluna. Essa dor ela pode estar associada à perda de
força ou de sensibilidade na perna ou no pé e existe muitas vezes
uma piora dessa dor a elevação da perna. Quando a pessoa está
deitada com a perna esticada, levar a perna pode desencadear ou piorar a dor. Esse é um quadro típico de dor ciática. Esse estudo holandês dividiu as pessoas em
dois grupos, então no Grupo 1 as pessoas ficavam com ciática, ficavam acampadas,
deitadas de lado a maior parte do tempo, podendo levantar apenas para ir ao banheiro
e também com alguns cuidados para não movimentar a coluna de forma que
piorasse a dor e no segundo grupo as pessoas estavam liberadas para fazer mais
movimentos, desde que não lhes estirasse a coluna ou fizesse algum
movimento que piorasse a dor. Mas estavam liberadas inclusive para ir
trabalhar e fazer atividades do dia a dia desde que não piorasse
a sua dor e no final notou-se que esses dois grupos
tiveram uma evolução muito semelhante. Não teve nenhuma diferença
significativa no grau de dor. A necessidade de medicamentos, a necessidade
de cirurgia ou o aparecimento de sintomas associados à dor, a funcionalidade do membro
foi tudo muito semelhante entre os dois grupos Resumindo então, em casos de dor ciática,
assim como em casos de dor lombar, não faz diferença ficar em casa acamado ou então
voltar gradativamente até as suas atividades habituais e suas
atividades profissionais. Bom, espero que vocês tenham gostado
do vídeo de hoje e até o próximo!

4.8/5 - (304 votes)